Notícias

Sessão de autógrafos do livro Todo o amor que tive
22/06/2016 / Helô Bacichette

 

AUTORA:HELOÍSA BACICHETTE

ILUSTRAÇÕES:GIOVANA MAZZOCHI (GIO) E DOUGLAS TRANCOSO (DOUG)

 

Encontro poesia

nas pessoas

nos lugares

na tua presença

que tão cedo partiu.

Encontro poesia

em tudo

o que você olhou

e não viu.

                    (DES) ENCONTRO

“Adoro movimentos, novos ares, aprendizados; preciso da novidade para me reinventar.” Assim, a caxiense Heloísa Bacichette promove a sessão de autógrafos de seu novo livro, Todo o amor que tive, que dá continuidade à Trilogia do amor em verso e prosa iniciada em 2013 com Amor amor. “A ideia da trilogia talvez tenha surgido da necessidade de guardar o que os sentimentos e os olhares sobre as coisas, as pessoas e o mundo dizem pra mim e para a outra que existe em mim”, resume a autora.

Os poemas, de acordo com Heloísa, “nasceram” num espaço e num tempo indefinidos, aos poucos. “Muitos versos e uma espécie de anarquia literária”, que resultaram, intencionalmente ou não, em prosas poéticas. “Muitos vieram da leveza da vida; outros das dores e da insensatez do mundo.”

Frequentadora assídua de escolas e instituições de ensino, onde compartilha a paixão pela literatura e “onde coisas acontecem naturalmente”, Heloísa entende que esses encontros são o preparo, a partir de uma leitura prévia, para o que ela denomina “encontro a três”: leitor-livro-autor. “Não teria muito sentido a ida da autora à escola sem essas leituras. Assim, na maioria das vezes minha presença na escola faz parte de uma espécie de fechamento desse diálogo.” Seu público, nesses ambientes, é formado por crianças e adolescentes que “adoram ler e recitar poesia, que gostam da precisão e apreciam a musicalidade e o ritmo das palavras”, diz. “Meu desejo é que meus versos encontrem o coração das pessoas. Tudo o mais será consequência desse encontro, porque a boa poesia é para ser sentida, independentemente da idade. ”

Para finalizar, Heloísa não deixa de comentar sobre o trabalho com a dupla de ilustradores Gio e Doug: “Entre nós existe diálogo constante e aberto. Existe paixão pelo que fazemos, existe estudo, discussão e crítica. ”

 

RECONHECIMENTO

Patrona das Feiras do Livro das cidades de: Ipê, Flores da Cunha, Araricá e Torres.

Patrona da 25ª Feira do Livro do Colégio São Carlos, Caxias do Sul.

Patrona de duas bibliotecas: E.M.E.F. Santa Corona e Rede de Ensino Caminho do Saber.

Em 2014, foi  escritora Homenageada na escola Padre Reus, Morro Reuter/RS 

 

SERVIÇO

SESSÃO DE AUTÓGRAFOS: LivroTodo o amor que tive, de Heloísa Bacichette, com ilustrações de Douglas Trancoso e Giovana Mazzochi (Caxias do Sul: Elos do Conto, 2016)

QUANDO: Dia 8 de julho, das 18h30 às 21h30

ONDE:Casa do Meio – Artes & Ideias (rua do Guia Lopes, 673)

INFORMAÇÕES: (54) 9964.6350 ou cursosnacasadomeio@gmail.com

PARTICIPAÇÕES:Mirta Gomez (voz) e Fernando Aver (guitarra), e Coro Infantojuvenil Entrenós.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A AUTORA

Site:  http://www.helobacichette.com/

Blog: http://oselosdoconto.blogspot.com

https://www.facebook.com/heloisabacichette.coinbacichette

                                                        

                                                         Texto de :  Dinarte Albuquerque Filho

                                                                       Prof. Ms em Letras - Literatura

                                                                               Jornalista - MTb 8771

 

Todos os direitos reservados a Helô Bacichette | site desenvolvido por wwsites - sites para escritores